11/03/2023 às 15h51min - Atualizada em 11/03/2023 às 15h51min

Governo de Alagoas decreta situação de emergência em 24 municípios devido à estiagem

Decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (10) e tem duração de 180 dias, viabilizando a entrada das cidades na Operação Carro-Pipa do governo federal

Por Secom Alagoas
Rafael Maynart
Operação Carro-Pipa - Foto: Assessoria

O Governo de Alagoas decretou situação de emergência em 24 municípios do Semiárido alagoano, em decorrência da estiagem que tem comprometido os reservatórios hídricos locais. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (10) e tem duração de 180 dias, viabilizando a entrada dessas cidades na Operação Carro-Pipa do governo federal.

 

O governador Paulo Dantas informou que, além destes 24 municípios, outros podem ter a situação de emergência decretada após a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) realizar uma nova avaliação nas demais cidades afetadas pela estiagem.

 

“Esse decreto viabiliza a entrada de 24 municípios na Operação Carro-Pipa para que a água chegue aos municípios, povoados e para as pessoas. Nos próximos dias, a ANA fará uma nova avaliação no cenário do Semiárido alagoano para ver a real necessidade e para que outros municípios que estejam também em situação sejam incluídos no decreto e na operação”, explicou.

 

As cidades incluídas no decreto são Água Branca, Batalha, Belo Monte, Canapi, Carneiros, Delmiro Gouveia, Dois Riachos, Inhapi, Jacaré dos Homens, Jaramataia, Major Izidoro, Maravilha, Monteirópolis, Olho d’Água das Flores, Olho d’Água do Casado, Olivença, Palestina, Pão de Açúcar, Pariconha, Piranhas, Poço das Trincheiras, São José da Tapera, Santana do Ipanema e Senador Rui Palmeira.

 

A secretária Luiza Barreiros garantiu que, tão logo a ANA realize a avaliação e a Defesa Civil abra o processo, a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e o Gabinete Civil darão a celeridade necessária para que os novos municípios sejam contemplados, o mais rápido possível.

 

Ainda de acordo com o governador Paulo Dantas, a Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) foi essencial para que a Operação Carro-Pipa atendesse às cidades e à população que tem sofrido com a seca.

 

“Agradeço ao presidente da AMA e prefeito de Cacimbinhas, Hugo Wanderley, que tem sido um grande parceiro do Estado e dos municípios e trabalhou para que esse serviço, que é tão essencial, volte o quanto antes para atender às pessoas do nosso Agreste”, concluiu.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://vitalnews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp