07/01/2023 às 18h04min - Atualizada em 07/01/2023 às 18h04min

Santos vence o Falcon-SE, segue 100% e garante classificação antecipada na Copinha

terra
Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC / Gazeta Esportiva

O Santos entrou em campo neste sábado pela segunda rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior. No estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP), os Meninos da Vila contaram com gols de Weslley Patati e Ivonei para vencer o Falcon-SE por 2 a 0.

Assim, o atual vice-campeão mantém o 100% de aproveitamento e garante a classificação antecipada à segunda fase da competição. Com seis pontos, a equipe treinada por Orlando Ribeiro é líder isolado do Grupo 26. Caso avance em primeiro - precisa apenas de um empate -, o Peixe encara o segundo colocado do Grupo 25, que está em disputa entre Bahia, Operário-PB e CSA.
 

Por outro lado, o Falcon permanece na terceira colocação, com um ponto somado, e joga a vida na última rodada. O clube sergipano precisa vencer o já eliminado São Raimundo-RR (lanterna da chave) e contar com uma derrota do Santo André (vice-líder) para o Santos, além de tirar um saldo de seis gols de diferença, para avançar à próxima fase.

O confronto foi marcado por novas homenagens ao Rei Pelé, com direito a camiseta especial, salva de palmas e cânticos, por parte dos 9.901 torcedores presentes, no décimo minuto de ambos os tempos, além do tradicional minuto de silêncio antes do apito inicial.

A última rodada do Grupo 26 e o histórico do Peixe na Copinha

Pela terceira rodada da fase de grupos da Copinha, portanto, os Meninos da Vila encaram o anfitrião Santo André, às 19h30 (de Brasília) da próxima quarta-feira, no Bruno José Daniel. Mais cedo, a partir das 17h15, o Falcon duela contra o São Raimundo, no mesmo estádio.

Na história da Copa São Paulo, o Santos já está há nove anos sem ser campeão. O Peixe tem três títulos, que foram conquistados em 1984 (contra o Corinthians), 2013 (Goiás) e 2014 (Corinthians). E ainda jogou outras três finais, sendo derrotado em 1982 (para a Ponte Preta), 2010 (São Paulo) e 2022 (Palmeiras).

O jogo entre Santos e Falcon

Buscando a classificação antecipada, o Santos se impôs no campo ofensivo e abriu o placar logo aos 12 minutos de jogo. Weslley Patati, que ganhou a titularidade após Deivid Washington sentir um desconforto na coxa esquerda durante o aquecimento, recebeu na direita e tentou o cruzamento. A bola então desviou no defensor e encobriu o goleiro Luca, marcando um golaço para os Meninos da Vila.

Mesmo em vantagem, o Peixe não deixou de atacar e levou perigo no minuto seguinte. Balão recebeu na linha de fundo e cruzou rasteiro para trás, mas Ivonei errou o alvo e mandou por cima do gol. Aos 15, Fernandinho completou cruzamento de Cadu, mas parou em Luca, que fez bela defesa.

O Santos então ampliou aos 25 minutos. Nome do jogo, Patati recebeu de Balão na direita, fintou a marcação e cruzou na cabeça de Ivonei. O camisa 8 fez o movimento correto para fazer o segundo dos paulistas.

Ainda antes do fim do primeiro tempo, o Falcon quase diminuiu aos 31. Luiz Henrique cobrou escanteio da direita, Cauan Maciel desviou de cabeça, mas Edu Araújo fez grande defesa, praticamente, em cima da linha.

A segunda etapa

Na volta do intervalo, o Falcon mudou a postura e começou a pressionar o Santos. Com isso, quase diminuiu em lance bizarro, aos 17 minutos. O goleiro Edu Araújo recebeu recuada da defesa e, ao errar o domínio, contou com a sorte para não sofrer o gol - a bola tocou na trave.

Aos 33, por fim, Matheus Nunes recebeu dentro da área e cruzou para Paulo César. O atacante dominou e deixou com Fernandinho, que chutou travado pela defesa do Falcon.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://vitalnews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp