23/02/2024 às 02h36min - Atualizada em 24/02/2024 às 02h36min

​Denúncia: Hospital da Cidade suspende cirurgias de crianças com cardiopatia congênita

Redação
Por Agência de Notícias
Reprodução
As cirurgias de crianças com cardiopatia congênita pelo SUS foram suspensas no Hospital da Cidade (HC), anteriormente conhecido como Hospital do Coração (HCor). A grave denúncia foi feita pelo renomado cardiologista brasileiro, Dr. José Wanderley, conhecido por sua expertise na área. Mensalmente, entre 10 e 12 procedimentos eram realizados na unidade, beneficiando pacientes encaminhados de outros hospitais públicos, como o HGE.

A suspensão das cirurgias ocorreu no início de fevereiro e, lamentavelmente, não há previsão para retorno, especialmente com a equipe que antes atuava no HCor. O afastamento do Dr. José Wanderley, um dos coordenadores das cirurgias cardiopediátricas, foi o gatilho para essa interrupção, afetando também outros médicos especializados da equipe.

Em meio à incerteza, Dr. Wanderley expressou sua profunda preocupação com o futuro dessas crianças e suas famílias. Ele ressaltou que, apesar da situação, o Governo de Alagoas se compromete a manter e ampliar o projeto Casa do Coraçãozinho, uma luz de esperança para essas famílias.

José Wanderley Neto é reconhecido como um dos principais cirurgiões e cardiologistas do Brasil. - Foto: Reprodução/Globo
 

“Com a aquisição do Hospital do Coração pela prefeitura de Maceió, ficamos sem assistência aos portadores de cardiopatia congênita. No entanto, o governo estadual está comprometido com a vida das crianças alagoanas. O projeto Casa do Coraçãozinho será mantido e expandido”, afirmou o Dr. Wanderley.


Diante do impasse, o médico busca alternativas para realocar esses procedimentos para outra unidade hospitalar o mais rápido possível, evitando assim maiores danos às crianças que sofrem com essa condição delicada. Ele conta com o apoio do governador Paulo Dantas para encontrar uma solução viável em breve.

Enquanto isso, o Dr. Wanderley, que já ocupou o cargo de vice-governador de Alagoas em duas ocasiões, reforçou seu compromisso com o bem-estar coletivo e está determinado a encontrar uma solução para garantir que essas crianças não fiquem desamparadas.

Em resposta, o Hospital da Cidade informou que está preparado para realizar as cirurgias cardiopediátricas, inclusive dispondo de UTI equipada, mas não especificou qual equipe será responsável por esses procedimentos.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://vitalnews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp