22/11/2023 às 19h38min - Atualizada em 22/11/2023 às 19h38min

Bancada de JHC na Câmara de Vereadores politiza caso do Dr. JHC : “briga de casal?”

Por Blog do Edivaldo Júnior
Câmara dos Vereadores - Foto: Reprodução
Afinal, agredir e jogar uma mulher no chão é “briga de casal”, que deve ser mantida entre quatros paredes, ou é um caso de interesse público, que deve ser levado às autoridades?

Em Alagoas, como anunciou o governador Paulo Dantas, a regra é colocar “marmanjo” que bate em mulher na cadeia.

Os BOs publicados diariamente no site da SSP/AL revelam que o padrão nesses casos é a polícia ir até o local ocorrência e levar, em seguida, vítima e agressor para a Central de Flagrantes ou Cisp.

Abaixo o registro de três ocorrências entre os dias 21 e 22 deste mês.

No caso do Dr. JHC , que se tornou público, o procedimento foi outro. Apareceram militares ligados à prefeitura de Maceió que tentaram impedir o trabalho da guarnição. A vítima foi levada por assessores do prefeito João Henrique Caldas, irmão do acusado, até a Central de Flagrantes e levou cerca de duas para chegar até o local, em um trajeto que deveria demorar no máximo 15 minutos.

Nesta quarta-feira, no entanto, vereadores da bancada do prefeito JHC na Câmara Municipal de Maceió esqueceram o caso de violência da mulher e passaram a criticar o governo do Estado por investigar e punir militares que supostamente foram negligentes na atuação neste caso.

A politização do caso foi feita pelo vereador Siderlane Mendonça (PL), que já foi líder de JHC e o suplente Rodolfo Barros (PSB).

Já a vereadora Teca Nelma (PSD) foi voz isolada na Casa em defesa das mulheres. Para ela, a violência contra a mulher é caso de interesse público e precisa ser condenada, independente do CPF do agressor ou da vítima.

Veja os BOs

BO nº 1052752 – violência contra a mulher -a guarnicao motorizada ft ajudância, atuando na area do 1º bpm, foi acionada para verificar uma ocorrência de violência contra a mulher. A guarnição se deslocou ao local e constatou o fato. Juntamente com a guarnição motorizada ft 02, conduziram os envolvidos até a central de flagrantes , onde o autor foi preso em flagrante por lesão corporal dolosa – violência doméstica -autor de sexo masculino, 34 anos, residente na levada. Vítima do sexo feminino, 26 anos, residente na levada. O fato foi registrado às 15:44 do dia 20/11/2023, na upa trapiche da barra – trapiche da barra – no município de maceió. A ocorrência foi concluída pelo despachante às 19:28 e foi concluída pelo cordenador às 20:42.

BO no 1053101 – violência contra a mulher – a guarnição rocom 03, pertencente ao 5o bpm, foi acionada pelo copom, para verificar uma denuncia de violência contra mulher, no conjunto paulo bandeira. Durante o deslocamento até a residência, a nora da vítima já estava na base do selma bandeira aguardando a viatura. A mesma informou que estava gestante de dois meses e que foi agredida com um chute na barriga e que sua sogra estava na residência sendo espancada pelo marido. Diante dos fatos a guarnição conduziu a vítima e o acusado para central de flagrantes onde o mesmo foi autuado pelo crime de violência doméstica ficando preso em flagrante delito. O fato foi registrado às 12:35 do dia 21/11/2023, próximo mercadinho rodinho – benedito bentes – no município de maceió. A ocorrência foi concluída pelo despachante às 00:00 e foi concluída pelo cordenador às 16:26.

BO no 1053130 – violência contra a mulher – a guarnição motorizada ft 47, foi acionada pra uma ocorrência de ameaça na rua henrique costa em taperaguá, marechal deodoro. Chegando ao local foi constatado o fato e o autor do sexo masculino, idade 58 anos, residente no bairro ponta grossa e a vítima do sexo feminino, idade 48 anos, residente na cidade de marechal deodoro, foram encaminhados para o cisp de marechal deodoro. Foi feito o b.o. De ameaça em sede de violência doméstica lavrado pelo escrivão e a delegada de plantão, onde o autor ficou preso no cisp a disposição da justiça. O fato foi registrado às 14:24 do dia 21/11/2023, em frente as caçambas vermelha e ao lado a casa do nam das caçambas. – taperagua – no município de marechal deodoro. A ocorrência foi concluída pelo despachante às 18:27 e foi concluída pelo cordenador às 06:42.

Bate e rebate

A suposta agressão do Dr. JHC contra Isadora Martins – tudo registrado, com portas arrombadas e a denúncia da vítima (“fui agredida e jogada ao chão”) foi classificada pelo vereador Siderlane Mendonça como “briga de casal”, na sessão da Câmara de Vereadores de Maceió, desta quarta-feira (22/11).

O ex-líder do prefeito JHC minimizava a ocorrência de suposta violência doméstica cometida pelo irmão do prefeito, Dr. JHC, contra a noiva Isadora Martins, no último sábado.

A vereadora Teca Nelma (PSD) reagiu e lamentou que um vereador de Maceió considere uma violência contra a mulher algo “menor”. “Pior é vir aqui e dizer que não houve nada e que isso é coisa de marido e mulher”, condenou Teca sobre fala de Siderlane Mendonça.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://vitalnews.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp